dd

Faixa de Pedestre, Travessia pela Vida

Elas estão por toda Brasília, algumas apagadas, outras bem visíveis e  com cores fortes; o branco das listras se destaca no azul dos asfaltos, e porque elas são tão importantes? Porque elas representam uma conquista que já completa 19 anos. Há 19 anos os brasilienses dão o sinal de vida para atravessar as ruas, e quando acenam para os motoristas, estão pedindo que estes os respeitem e que esperem.   

No mês de maio o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (DETRAN), iniciou uma campanha de conscientização da segurança no trânsito, o Maio Amarelo e inclusive com a participação da Universidade de Brasília junto ao Ceftru (Centro Interdisciplinar de Estudos em Transportes), e as faixas de pedestres representam muito bem esse evento. Brasília é a pioneira no uso das faixas, e por isso merece comemorar esse aniversário em grande estilo.

Os principias monumentos da cidade de Brasília foram coloridos com o amarelo, cor que representa a atenção; além de um símbolo da cidadania, as faixas representam o respeito pela vida. O DETRAN vem realizando várias atividades para conscientização dos motoristas e dos pedestres, para que ninguém se esqueça da importância das faixas.

Existem hoje no  DF mais de 5 mil faixas de pedestres, um número considerável para a quantidade de regiões administrativas (31), mas que ainda é falho em algumas regiões do DF como as cidades de Santa Maria e Gama.

11_MaioAmarelo15_LuisGustavoPrado
Foto: UnB

Infelizmente Brasília também faz parte das estatísticas de cidades que registraram vítimas fatais por atropelamento e/ou colisão em faixas de pedestres. Em 2015 o DETRAN registrou 135 vítimas fatais em áreas urbanas, desse número, 55 eram pedestres, nas faixas de pedestres foram 4 vítimas, 43% menor em relação à 2014 (7 vítimas). Neste ano ainda não foi registrada nenhum caso de vítima fatal, e esperamos que assim continue, mas a atenção e o respeito tanto de quem atravessa quanto de quem dirige deve prevalecer.

Nas escolas as crianças começam a aprender o que é o respeito no trânsito, e quando perguntados sobre o que significa estender a mão na hora de atravessar, elas respondem: é sinal de vida. E elas estão certas, o ato representa um pedido, é mais ou menos assim: ¨Ei amigão, eu sou pedestre, não estou dirigindo, e talvez você chegue ao seu destino bem mais rápido que eu, mas deixa eu passar rapidinho aqui, não vai custar nem 30 segundos¨, e sabe quando ele diz isso? Simplesmente quando estende a mão.

Nas autoescolas os futuros motoristas aprendem sempre a priorizar os pedestres, mesmo que este não esteja atravessando a faixa, ele merece respeito, é claro que existem aqueles que não prestam atenção nas aulas e acabam esquecendo o cuidado ao dirigirem pelas faixas, daí a importância da conscientização constante, justamente porque há aqueles apressadinhos que se esquecem das listras brancas.

Para os pedestres a atenção é redobrada, esperar até que todos parem e ter certeza de que podem atravessar, pode parecer trivial dizer que é preciso ter atenção, todo mundo diz isso, mas sabe o que acontece? é a pura verdade. Espera amigão, olhe para todas as faixas e não deixe que sua pressa acabe com sua vida, aproveite os 15 segundos de fama enquanto atravessa, mas se for pra desfilar, que seja rápido.

Faixa de travessia, faixa de segurança, passagem de pedestre ou faixa de pedestre, são vários os nomes, mas o objetivo é o mesmo: Garantir a segurança de quem atravessa a rua. Estamos no Maio Amarelo, mas a conscientização e a atenção dever permanecer sempre, um respeito mútuo, ser cidadão, ser humano, valorizar a própria vida e a vida do outro.

O DETRAN disponibiliza mais informações sobre as campanhas assim como dados estatísticos no site http://www.detran.df.gov.br/

Um comentário em “Faixa de Pedestre, Travessia pela Vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *